Postagens

Mostrando postagens de 2010

DIA DA MENTIRA ? AQUI NÃO!!!

Imagem
“Pelo que deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo, pois somos membros uns dos outros.”
(Ef 4.25)

  Os brasileiros comemoraram no dia 1º de Abril a famosa “brincadeira” chamada de Dia da Mentira. Apesar de que na ética do senso comum, toda mentira é vista com maus olhos; nesse dia, dizem, toda mentira é permitida para enganar de forma divertida as pessoas.
Mas, o que a Palavra de Deus diz a respeito da permissividade da mentira ao cristão? Sendo usada como brincadeira, Deus se importa?
Antes de respondermos diretamente a essa pergunta, vejamos algumas considerações:
Primeiramente, a Bíblia declara que a mentira tem como seu pai o diabo e, assim, os mentirosos são seus filhos (Jo 8.44). No mesmo sentido, a mentira seria uma característica dos últimos dias, uma estratégia do anticristo (2Tss 4.9-11) através dos quais alguns negariam a fé (1Tm 4.2).
Em segundo lugar, e em oposição à atitude satânica, a Bíblia nos declara que Deus é o Deus da verdade e que, portanto,…

ADOREMOS O CORDEIRO MORTO

Imagem
“Falai a toda a congregação de Israel, dizendo: Ao décimo dia deste mês tomará cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada família.” (Ex 12.3)
Ao chegarmos ao período da Páscoa, muitas coisas permeiam nossa cabeça: festas, chocolates, diversão para a criançada e etc. Porém nestes últimos dias tenho pensado mais a respeito do que foi a primeira páscoa. Aquela Páscoa proclamada por Deus a Moisés para o povo de Israel que estava cativo no Egito, servindo como escravos e fazendo tijolos para faraó. Naquele momento Deus anuncia que cada família, deveria imolar um cordeiro sem defeito, aspergindo seu sangue na ombreira das portas, e comendo de forma apressada. Assim, gostaria de observar rapidamente alguns pontos: 1º) A idéia do cordeiro morto em favor da família, demonstra que o plano eterno de Deus é justamente salvar um povo familiar; ou seja, a Bíblia nos diz que a partir do momento da salvação deixamos de ser simples criaturas, para nos tornarmos filhos de…

PINÓQUIO VAI AO CÉU?

Imagem
A fábula do Pinóquio nos conta a história de um boneco de madeira que deseja ser menino de verdade. Entretanto, parece que seu objetivo se torna cada vez mais distante, quando ele se mete em várias situações e apuros em que seu caráter é testado. Em uma dessas situações, Pinóquio é desafiado a falar a verdade, e assim reconhecer seu erro, ou mentir para evitar a responsabilidade de suas escolhas. Pinóquio escolhe a mentira. O problema é que ao mentir, seu nariz de madeira vai se encompridando, revelando dessa forma sua culpa não somente pelo mal-feito, como também sua decisão pelo engano. E assim, ele vai mentindo e a si mesmo se acusando, mentindo e se culpando, mentindo até lhe brotar nas extremidades extensos galhos como de árvore, onde passarinhos podem fazer seus ninhos. Assim também é a humanidade. Somos pessoas que diariamente decidimos pela mentira e engano para fugirmos de nossas responsabilidades ou mesmo de coisas banais. Mentimos para evitarmos atender um telefonema, mentimo…

COMO VOCÊ VÊ A JESUS?

Imagem
“Ora, os judeus o procuravam na festa, e perguntavam: Onde está ele? E era grande a murmuração a respeito dele entre as multidões. Diziam alguns: Ele é bom. Mas outros diziam: não, antes engana o povo.” (Jo 07.11,12)

Vivemos num país que possui como religião comum da maioria da população, o cristianismo. Porém, mesmo dentro desse universo cristão, é possível encontrarmos várias concepções a respeito da sua figura central: o Senhor Jesus Cristo. Assim, a pergunta central é: como você vê Jesus?
O texto acima nos mostra três visões a respeito de Cristo ainda existentes hoje. Primeira, a visão perdida: “Onde está ele?” (v. 11). Muitas pessoas já ouviram falar de Jesus, mas continuam perguntando onde Ele está! Não O conseguem ver, se aproximar, nem se relacionar com Ele. Têm-no apenas como um personagem histórico falecido há quase 2 mil anos e que se dizia o Messias. É nesse Jesus que você acredita?
A segunda é a visão limitada: “Ele é bom” (v. 12a). Nessa visão, as pessoas conseguem até obse…

A UNIÃO DO POVO DE DEUS

Imagem
“Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação; um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos.” (Ef 4.4-6)

Uma das coisas que mais deixa muitas pessoas inquietas é: “como o povo evangélico, sendo tão numeroso, são também tão divididos”. E não somente em termos de denominações ou doutrinas, mas, até mesmo, divididos em termos de amor, pois lutam uns contra os outros como que disputando um “comércio religioso”. Creio que, se desejamos um avivamento verdadeiro em meio à Igreja e, consequentemente, uma evangelização mais efetiva e eficiente, temos de iniciar através de um pedido de perdão entre as igrejas-irmãs por qualquer desagravo ou pecado cometido ente elas. Este momento somente será possível através da consciência que todos nós fazemos parte de um só corpo (o Corpo de Cristo  cf. 1 Co 12.27; Ef 4.12), e uma só família (a família de Deus  cf. Ef 2.19), e que isto é a rea…

“ANA MARIA E O HOMOSSEXUALISMO”

“Não ameis o mundo, nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.” (1 Jo 2.15)

Há algum tempo atrás a apresentadora Ana Maria Braga usou o espaço de seu programa para apologetizar em favor do homossexualismo. Conforme disse, a sociedade precisa repensar essa questão. Para isso, trouxe ao seu programa depoimentos de homossexuais e um psicólogo que declarou que ”a realidade homossexual deve ser tratada de forma natural”, sem o conceito de pecado, pois há indícios dessa atividade há mais de 2 mil anos antes de Cristo e evidências em mais de 400 espécies de animais que praticam. Analisemos, portanto, brevemente o que a Bíblia (que foi escrita há mais de 2 mil anos pelo Criador dos animais) diz a respeito dessa questão. 1º) Encontramos na Bíblia o fato de que o Pecado afetou não somente o ser humano; mas também toda a criação (natureza) ficou sujeita aos efeitos do pecado (Gn 3.17; Rm 8.20-22). Dessa forma, não é surpreendente encontrar nos casos da natureza evidê…

O CARNAVAL E A IRA DE DEUS

Imagem
“Achava-se a mulher vestida de púrpura e de escarlata, adornada de ouro, de pedras preciosas e de pérolas, tendo na mão um cálice de ouro transbordante de abominações e com as imundícias da sua prostituição. ” (Ap 17.04)
A visão do apóstolo João parece retratar muito bem as imagens estampadas nos carros alegóricos do carnaval. Nessa festa, várias personalidades de todo mundo têm se feito presente, a fim de aproveitarem as oportunidades e devaneios realizados em nosso país, nesses dias em que “tudo é permitido”.  Quando o livro do Apocalipse foi escrito, tinha por objetivo confortar os cristãos diante das ameaças que estavam sofrendo e anima-los a permanecerem firmes na fé, tendo por certo a promessa da vitória final de Cristo e sua igreja contra todos os seus inimigos. Assim também deve ser a nossa consciência com relação a esse mundo. Sabemos que a “Grande Babilônia” tem seduzido os homens com suas belezas ilusórias e seus enganos fantasiosos. Essa mulher, que simboliza o poder sedutor …

DEUS CONHECE O CARNAVAL !

Imagem
“Sei onde habitas, que é onde está o trono de Satanás; mas conservastes o meu nome e não negaste a minha fé...” (Ap 02.13)
Deus conhece o Carnaval da mesma forma que conhecia a habitação do trono de Satanás na cidade de Pérgamo. Aquela era uma cidade em que a idolatria reinava. Havia muitos templos a muitos deuses, e a imoralidade estava disseminada em todos os níveis da sociedade. Não vivemos nós também a mesma realidade? Não poderíamos dizer, semelhantemente, que estamos habitando num país onde o trono de Satanás se encontra? O reinado de Satanás sobre a vida de seus escravos fica mais evidente ainda na festa que seus súditos comemoram como “Carnaval”. Os seus exércitos, ornamentados com abadás ou mesmo fantasias, desfilam nas ruas ou em espaços especialmente preparados para isso. Os seus estandartes, empunhados por porta-bandeiras e acompanhados pelas danças dos mestres-salas, são vistos e admirados de longe, por seus foliões. Da mesma forma, seus tanques de destruição, denominados de…

VIDAS EM CONTRADIÇÃO

Imagem
"Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial.” (Mt 05.48)
Uma pessoa observadora e que possua um senso crítico satisfatório, poderá perceber que vivemos num mundo envolvido completamente por um mar de contradições em todas as esferas da sociedade. Por exemplo: na televisão, ao meio-dia ouvimos noticiários e reportagens que alertam sobre os riscos da gravidez na adolescência e o triste futuro que espera essas pobres crianças; e logo em seguida, visualizamos a exploração da imagem erótica entre os adolescentes como um atrativo à publicidade e ao público das novelas e filmes. Ouvimos também todos falarem de paz, ao mesmo tempo em que defendem a guerra. Escutamos o clamor da defesa à instituição familiar ao mesmo tempo que enxergamos o esforço para aprovação de leis em favor da união homossexual. E em todas essas coisas e tantas outras, somos levados pela mídia a defender conceitos e argumentos que são contraditórios ao mesmo tempo, sem percebermos que estamos sendo …

A CULPA É DE QUEM ?

Imagem
Ao que respondeu o homem: A mulher que me deste por companheira deu-me da árvore, e eu comi.” (Gn 03.12)


No Seminário tive um professor que disse certa vez: “Eu não tenho justificativas para a minha negligência na vida espiritual”. Isso é algo que devemos nos conscientizar para não cairmos no mesmo erro de Adão.
Uma das coisas que chama a atenção no relato da Queda (Gn 3) é a atitude de Adão e Eva quando confrontados diante de Deus. Iniciando por Adão, Deus questiona sua atitude, ao que o homem culpa a mulher pelo pecado. Essa por sua vez, quando tenta se justificar, culpa a serpente. Esta última nem mesmo tem a oportunidade de continuar o círculo de transmissão de culpa do pecado, visto que já é diretamente julgada e sentenciada por Deus.
O que gostaria de frisar neste momento, é o costumeiro hábito que temos em imitar Adão em sua primeira justificativa de pecado. Ou seja, o velho hábito em justificar seus próprios erros culpando os outros. Adão ensinou isso a seus descendentes. Se não…

UMA PARÁBOLA A RESPEITO DO DÍZIMO

Imagem
“Quem é fiel no pouco, também é fiel no muito; quem é injusto no pouco, também é injusto no muito.” (Salmo 115:04-08)







Certa vez, um jovem desempregado pediu que seu pastor o ajudasse em oração, e prometeu que se Deus o abençoasse, ele passaria a dar fielmente o dízimo. O Senhor deu-lhe um emprego. Seu salário semanal foi de 10 dólares, sendo o dízimo de 1 dólar. Deus o fez prosperar, e seu dízimo passou a ser de 7 dólares por semana, e depois 10 dólares. Transferido para outra cidade, ali seu dízimo passou a ser 100 dólares por semana... E logo 200 dólares.



Depois de algum tempo, ele enviou o seguinte telegrama ao pastor: "Venha ver-me". O pastor foi à casa daquele moço, e ali conversaram longamente sobre o tempo passado. Finalmente o jovem, chegando ao ponto principal da conversa, perguntou: "O senhor lembra do dia em que eu, orando, prometi a Deus que se ele me desse um emprego, eu me tornaria um fiel dizimista?" "Sim, não esqueci de sua promessa, e creio que …

SEM PÉS NEM MÃOS...

Imagem
“Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos do homem. Têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem;têm ouvidos, mas não ouvem; têm nariz, mas não cheiram;têm mãos, mas não apalpam; têm pés, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.Semelhantes a eles sejam os que fazem, e todos os que neles confiam.” (Salmo 115:04-08)

Como todos sabem ocorreu um desastre em São Luiz do Piraitinga, no vale do Paraíba, no qual vários imóveis foram danificados e destruídos pela enchente, incluindo os templos das igrejas católicas. O que chamou a atenção foi a exibição do Jornal Nacional nesta quinta-feira, relatando que foi encontrado entre os destroços a imagem do padroeiro da cidade, São Luíz de Tolosa, “mesmo sem os pés e as mãos”, o que foi festejado com alegria e comoção pelos fiéis católicos dali. Isso me fez pensar sobre a infeliz realidade da falsa fé daqueles moradores de lá.
Sem os pés e as mãos, está aleijada aquela imagem. Enquanto isso, seus adoradores e veneradores são aleijad…