Por favor, alimente meus peixes clicando sobre a tela:

Que tal?

;

13 novembro 2009

ABENÇOANDO VIDAS



“E muitos sinais e prodígios eram feitos entre o povo pelas mãos dos apóstolos. [...] Dos outros, porém, nenhum ousava ajuntar-se a eles; mas o povo os tinha em grande estima; e cada vez mais se agregavam crentes ao Senhor em grande número tanto de homens como de mulheres,” (At 05.12-14)

O texto acima nos relata a experiência da Igreja Primitiva em meio à sociedade em que vivia. Era uma igreja abençoadora em vários níveis:

1º) Abençoava pela Pregação da Palavra - Em At 2, lemos a narrativa acerca da descida do Espírito Santo por ocasião da festa do Pentecostes. E a primeira característica advinda do recebimento do poder do Espírito sobre os apóstolos e discípulos, foi a pregação do evangelho, através de Pedro, que gerou a conversão de quase três mil pessoas. Uma igreja que prega o evangelho de Deus, abençoa a sua cidade.

2º) Abençoava pelos sinais e prodígios - No decorrer de todo registro no livro de Atos, encontramos vários sinais e maravilhas sendo realizados através da igreja: curas, libertações, etc. Isso é a manifestação da graça de Deus agindo sobre vidas que até então se encontravam escravizadas pelas enfermidades, ou mesmo, pelo diabo. Uma igreja abençoadora deve manifestar a graça de Deus no meio da sociedade em que vive.

3º) Abençoava pela piedade e misericórdia que demonstrava - Outra característica da Igreja Primitiva, era sua preocupação em sanar os problemas sociais com que se defrontava (At 6.1-3). Era uma igreja que agia em favor dos pobres, das viúvas e dos órfãos. Uma igreja abençoadora é aquela que se preocupa com a justiça social no meio em que ela vive, e que age com misericórdia para com quem precisa.

Enfim, a Igreja Primitiva era uma igreja que imitava os atos de Jesus: pregava a palavra, evidenciava a graça de Deus com poder e agia com misericórdia para com os necessitados. Ou seja, se queremos hoje ser também uma igreja abençoadora em Apucarana, devemos imitar os mesmos princípios da Igreja primitiva. Assim, haveremos de receber a mesma admiração que aquela igreja recebia (At 5.13), e também colheremos os mesmos frutos de prosperidade: “e cada vez mais se agregavam crentes ao Senhor em grande número tanto de homens como de mulheres” (v. 14).
Rev. Marcos M. Hostins
 

Usage Rights

DesignBlog BloggerTheme comes under a Creative Commons License.This template is free of charge to create a personal blog.You can make changes to the templates to suit your needs.But You must keep the footer links Intact.