Por favor, alimente meus peixes clicando sobre a tela:

Que tal?

;

06 agosto 2014

Brevíssima Palavra Sobre o Pastor Local e a Política




Todos sabemos que igreja não é palanque para se fazer campanha a favor de políticos ou legendas partidárias. A igreja não pode indicar candidatos ou mesmo partidos para seus fiéis. Por outro lado há uma responsabilidade pastoral na denúncia quanto às atividades ilegais ou imorais de seus governantes. Essa responsabilidade é demonstrada historicamente através das lições bíblicas acerca das atitudes dos profetas e apóstolos que, por tantas vezes, denunciaram a ilegalidade e imoralidade de seus príncipes e governadores que reinavam sobre o povo. Foi assim com Natã em relação ao pecado de Davi (2 Sm 12), Micaías em relação a Josafá e ao rei de Israel (1 Rs 22), Isaías condenando as leis injustas (Is 10.1); Habacuque que condenava a opressão e corrupção (Ha 01.01-04); bem como os apóstolos João, Paulo e Pedro faziam contra o império Romano; e muitos outros exemplos que podem ser vistos na Bíblia Sagrada.
Dessa forma, é de se surpreender quando membros das igrejas ignoram as denúncias que seus pastores tem feito quanto às injustiças sociais, morais e espirituais atuais, preferindo ainda escolher candidatos que são claramente contrários ao que a palavra de Deus prescreve. Lembremos que quando Jetro se encontrou com seu genro, Moisés, o aconselhou sobre as qualidades dos homens que deveriam agir como juízes para o povo de Israel:
"E tu dentre o povo procura homens capazes, tementes a Deus, homens de verdade que odeiem a avareza" (Êxodo 18:21)
 É bom salientar que as boas qualidades são: capacidade, temor a Deus, verdadeiros e odiosos da avareza.
É claro que quando nos deparamos com nossa realidade hoje, não encontraremos entre os candidatos alguém que se encaixe nessas qualidades ditas por Jetro. Porém, para o bem de nosso povo, devemos encontrar aqueles que mais se aproximam desses ideais, ou que estão mais distantes da incapacidade, do ateísmo, da mentira e da avareza.
O sábio de Provérbios escreveu: "Quando os justos governam, o povo se alegra, mas quando o ímpio domina, o povo geme" (Pv 29:02)
Oremos para que nosso próximo governante seja motivo de orgulho e alegria para o povo e que aqueles que fazem o povo gemer e sofrer, sejam afastados da governança.

Rev. Marcos M. Hostins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

Usage Rights

DesignBlog BloggerTheme comes under a Creative Commons License.This template is free of charge to create a personal blog.You can make changes to the templates to suit your needs.But You must keep the footer links Intact.